sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Tinta que flui... palavras que dançam...

Não poderia vir de férias sem partilhar a minha mais recente criação... um bloco de notas.
Resolvi aventurar-me na escrita... :0)   fornecendo uma das matérias primas... o papel. :0)
Este bloco de notas, de tamanho A6, folhas brancas e lisas, é composto por capa e contracapa duras, sendo ambas personalizadas.
Este foi um pequeno mimo para a J.
Ela adora deixar fluir a tinta e dar corda aos dedos, com aquilo que lhe vai na alma. Pequenas cançonetas, poemas, quadras ou simples rimas.
A J. adora escrever em todos os pedaços de papel que a rodeiam e a espicaçam, a escrita chama por ela e as pequenas letras desafiam-na. A caneta toma balanço e os seus dedos hábeis de fada enchem páginas como por magia.
Neste pequeno mimo personalizado a minha mãe (questionei-me sobre se deveria ou não identificar a J. ...) pode guardar os seus pequenos tesouros, levando-os com ela e desafiando o papel sempre que as letras sussurrarem.